Nuno Manta Santos: «Ninguém nos pode apontar nada em termos profissionais»

Treinador do Aves comentou derrota da equipa diante do Santa Clara

• Foto: Miguel Barreira
O Aves perdeu (3-0) na deslocação à Cidade do Futebol, onde defrontou o Santa Clara, em jogo da 32.ª jornada da Liga NOS, naquela que foi a 25.ª derrota da formação avense esta temporada para o campeonato.

No final da partida, Nuno Manta Santos lamentou alguma monotonia e passividade da sua equipa, que falhou na conquista dos três pontos, objetivo que inicialmente tinha sido apontado.

"Preparámos o jogo para conquistar a vitória, mas sabíamos que íamos enfrentar um adversário de qualidade e estável. O vento não nos permitiu adaptar tão bem como o adversário, e tivemos algumas dificuldades. O Santa Clara conseguiu entrar em zonas de finalização com mérito, e nós fomos monótonos e passivos", começou por dizer o técnico do Aves.

Conversa com os jogadores ao intervalo

"Ao intervalo, pedi aos jogadores para mudarem a atitude competitiva, na segunda parte entrámos mais móveis e pressionantes, mas num remate a 30 metros o Santa Clara acabou por fazer o 3-0. Queríamos os três pontos, mas há que virar a página e pensar já no amanhã. Na nossa profissão, a dignidade e ética desportiva têm de estar sempre presentes, e ninguém nos pode apontar nada em termos profissionais", concluiu.
Por Record com Lusa
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Aves

Notícias

Notícias Mais Vistas