Record

Águias de Camarate-Benfica B, 1-1: Empate em cima da hora

«PENALTY» NO MINUTO 90 DEU FESTA EM CAMARATE

Um “penalty” assinalado em cima do minuto 90 foi origem de festa ontem, em Camarate, no jogo em que os locais receberam e empataram com o Benfica. Depois de uma jogada confusa na área encarnada, Sérgio Cruz assinalou mão de Nuno Correia e apontou para a marca do castigo máximo.
Valter assumiu a responsabilidade e não falhou, arrancando o delírio da assistência.

Apesar de um ambiente pressionante, o Benfica entrou na partida com serenidade. Fernando Rosa abriu o activo aos 23 minutos, só que, à meia hora, o médio Ricardo Pires foi expulso. A partir daí, em inferioridade numérica, o Benfica limitou-se ao contra-ataque, suportado no acerto de uma defesa constituída por três centrais. Até ao intervalo, uma bola na trave foi o registo mais importante para os homens da casa.

No segundo tempo continuou a pressão do Águias de Camarate até que, aos 74 minutos, o benfiquista João Pereira conseguiu isolar-se. Falhou o “chapéu” mas foi atropelado por Moreira que, de pronto, foi expulso. Com um “penalty” como oportunidade decisiva para marcar o segundo, Falardo não fez melhor do que atirar à trave da baliza então defendida por Valter, número 10 forçado a calçar as luvas (as substituições estavam esgotadas). O Benfica voltou a falhar e foi Valter que, no final, fez o empate.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M