Águias de Moradal tem o treinador mais jovem dos campeonatos nacionais

Pedro Paiva, de 23 anos, tem inspiração "special"

• Foto: Filipe Pinto

O futebol tem o dom de nos contemplar com histórias curiosas e inspiradoras de jogadores e treinadores que, num misto de ambição e perseverança, alcançam o topo e servem de exemplo para os mais novos. A de Pedro Paiva não só é inspirada como… inspiradora. Dura há 23 anos, o que até pode parecer um período considerável, ou não fosse esta a idade daquele que é, atualmente, o treinador mais jovem dos campeonatos nacionais. "É lógico que não é muito habitual liderar uma equipa sénior com a minha idade, onde cerca de 55% dos jogadores do plantel são mais velhos do que eu. A pressão é muito maior, as pessoas olham-me com desconfiança, mas eu encaro isso com naturalidade e, de certa forma, até me motiva", começa por dizer o técnico do Águias do Moradal, clube do Estreito, concelho de Oleiros, que terminou a 1ª fase do Campeonato de Portugal no 9º lugar da Série F.

Os primeiros capítulos desta história foram escritos em Corroios, terra natal de Pedro Paiva. Foi aí, em plena margem sul do rio Tejo, que já ‘ofereceu’ ao futebol um dos melhores treinadores do Mundo, e a inspiração ‘special’ do jovem, José Mourinho, que nasceu a paixão pelo treino. "Sempre foi o meu desejo. Antes de receber o primeiro livro de treino, aos 13 anos, já tinha manifestado esse interesse. Depois comecei a desenvolver essa vontade e, aos 18 anos, iniciei a minha aventura como treinador, no Ginásio de Corroios", conta, sublinhando a importância das referências.

"Cresci a ver as conquistas do José Mourinho e claro que foi uma grande influência para mim, pois absorvi toda a informação sobre a sua metodologia de treino. O Tiago Raposo, que foi o primeiro com quem trabalhei no futebol sénior, também foi importante", frisa.

Família como base

Pedro Paiva tem uma vida bem diferente da maioria dos jovens da sua idade e é na família que se apoia para superar os obstáculos. "Não é fácil viver longe, sozinho e abdicar de certas coisas. Vivo para o futebol, mas a ajuda da família e amigos tem sido essencial. A estabilidade pessoal é muito importante", sublinha. 

Presidente destaca a competência

Pedro Paiva abraçou o projeto do Águias do Moradal já com a época em andamento e num "momento difícil para a equipa", recorda o presidente do emblema beirão, Aníbal Antunes. A ambição da estrutura do clube em trazer "sangue novo" foi determinante na sua contratação. "As escolhas não se fazem pelas idades, mas sim pela competência. Tem espírito de grupo, é ambicioso e vai provando as qualidades como treinador . Apesar de jovem, já tem experiência. Acreditamos que é o homem certo para alcançar os objetivos", garante.

Em busca de um feito histórico

Esta temporada o Águias do Moradal regista a quarta participação no Campeonato de Portugal – somava já uma no denominado Campeonato Nacional de Seniores (2013/14) e duas na antiga 3.ª Divisão (2004/05 e 2010/11). Contudo, em nenhuma destas quatro épocas o clube conseguiu o principal objetivo: a permanência. Este é, por isso, mais um desafio aliciante para o jovem técnico, que procura assim um feito histórico. Para já, vai disputar a fase de permanência da Série F, que tem início no próximo dia 14, frente ao Crato. "Temos qualidade para o conseguir", vinca.

BI

Nome: Pedro Filipe Sequeira Paiva
BI: Corroios, 1/9/1992, 23 anos
Função: Treinador
Clubes: GC Corroios (adjunto), Almada (adjunto), AD Quinta do Conde, Naval (adjunto), Tourizense e Águias do Moradal

Por Fábio Aguiar
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.