Castro Daire ou o segredo da invencibilidade que permanece

20 partidas na série B do campeonato de Portugal sem sentir o sabor derrota

• Foto: DR

Castro Daire, localidade inserida na província da Beira Alta e distrito de Viseu, localizado no sopé da serra de Montemuro, com cerca de 4 600 habitantes, vive um momento de grande visibilidade, tudo graças à equipa de futebol. Pela primeira vez a competir nos nacionais, depois de ter conquistado a subida na época anterior pela AF Viseu, Associação Desportiva de Castro Daire, fundada 18-10-1975, faz história no campeonato de Portugal. Após o empate na última jornada frente ao Canelas 2010, leva 20 jogos sem perder. Recordemos que no início do campeonato sofreu cinco derrotas consecutivas, depois entrou numa senda de resultados positivos, que catapultaram equipa para uma série de 20 partidas na série B do campeonato de Portugal sem sentir o sabor derrota, feito que colocou o emblema castrense no 5º lugar da tabela classificativa.

Para entender todo este percurso, Record começou por ouvir Gonçalo Matos, presidente da Comissão Administrativa, eleita há três anos. "Estamos agradavelmente rendidos ao campeonato que a equipa tem vindo a fazer, os números fala por si, estamos a fazer uma competição extremamente fantástica, depois de termos começado com cinco derrotas seguidas, na altura surgiu alguma desmotivação, também porque a equipa vinha dos distritais, isso é que leva as pessoas olhar de maneira diferente para isto, estamos num caminho de vitórias, estamos orgulhosos deste trajeto."

Abordou futuro do clube: "O importante é trabalhar a pensar no dia seguinte, porque o nosso projeto é sempre de um ano. Procuramos organizar o clube, manter este nível exigência que é grande para uma terra como Castro Daire, com menos condições que outros emblemas, que têm mais capacidade, mais abrangência para buscar o que falar para andar no campeonato de Portugal. Sabemos que, com o correto equilibro de contas, é possível andar num campeonato destes. Quando há organização, querer e tempo para despender pelo clube pode-se atingir as metas pretendidas, como digo muitas vezes, Trabalhar sempre no nível máximo do amadorismo."

No que diz respeito ao bom desempenho desportivo e a ser o grande embaixador de Castro Daire, revelou: "Motivação é ganhar jogos, mas trabalhando bem, sendo credíveis nas nossas ações, cumprindo sempre todas as obrigações, tendo uma total lisura com atletas, equipa técnica, patrocinadores, assente num orçamento de 140 mil euros, numa ambição não pode ser desmedida, embora possam haver adeptos que sonhem com algo mais, prometemos aos sócios tentar manter equipa no campeonato de Portuga e aos patrocinadores, divulgar a marca e a vila de Castro Daire, clube da terra fazer uma boa campanha.’’
 
Record escutou o treinador Vasco Almeida sobre este percurso vitorioso. "O grande mérito deve-se essencialmente ao trabalho dos jogadores. Temos demonstrado ao longo deste tempo todo grande capacidade e competência nos jogos, feito um trabalho fantástico para um clube que subiu este ano aos nacionais, ter um record de jogos sem perder, um serie de vitórias no CdP é um motivo de orgulho.’"

O que mudou das derrotas para as vitórias: "Somos os mesmos que perdemos cinco vezes seguidas, todos, presidente, equipa técnica e jogadores são os mesmos, na pré época tivemos bons resultados, entramos em falso no campeonato, mas à medida que fomos eliminando os erros que estávamos a cometer, ganhar jogos deu mais confiança aos jogadores, de momento somos uma equipa competitiva, que vai lutar por continuar no campeonato de Portugal.’’

Última derrota em competição ocorreu a 22 de Setembro, perdeu diante do Valadares por 2-0, cumpre história na sua primeira época pelo Castro Daire: "O que nos foi pedido era de manter equipa neste campeonato, estamos a fazer algo extraordinário para o clube, fazer história, todos estamos de parabéns, mas para isto acontecer é um trabalho de todos. Com as limitações que vamos tendo é um grande motivo de orgulho para todos.’’

Do futuro adiantou "Manter o Castro Daire nesta divisão. Acho que nos faltam dois pontos para assegurar esse objetivo, podemos face à classificação redefinir objetivos, sabendo que não temos argumentos e não é a nossa luta chegar aos primeiros lugares. Há equipas mais bem estruturadas e com outros orçamentos para chegarem aí, mas nós dentro do campo temos batido essa diferenças domingo a domingo. Estabilizar o clube nesta divisão, no contexto onde estamos inseridos é completamente impossível pensar em outros voos.’’

Um digno campeonato com muita prata da casa Só temos cinco jogadores de fora, restante plantel, somos 19, são da nossa região. Nós valemos por um todo, não temos grandes argumentos para contratar jogadores, tivemos de ir à procura de talento em divisões inferiores, contratamos bem, acreditaram num projeto válido deste clube, tendo conseguido dar um elan especial aos jogadores e esse elan já dura há 18 jogos.’’

Para fecho disse ‘’Queremos domingo a domingo evoluir, crescer como equipa, competir com sentido de vitoria, ter argumentos para disputar os três pontos. Quanto a mim, as coisas vão acontecendo, mostramos trabalho onde estamos, agora estou focado em ajudar e concentrado em dar tudo pelo Castro Daire.’’

 

Por João Baptista Seixas
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.