Dois meses de salários em atraso geram revolta no Pinhalnovense

Atletas do plantel mostram-se "revoltados" e consideram "desumano"

A SAD do Pinhalnovense, emblema que disputa o Campeonato de Portugal, está em incumprimento salarial com jogadores e staff. Através de um comunicado, os atletas do plantel mostram-se "revoltados" e consideram "desumano" o que se está a passar com a SAD, "que continua a falhar com os compromissos".

A situação teve início em novembro, quando os pagamentos começaram a sofrer atrasos, com os salários a serem pagos um mês depois do estabelecido. Desde o mês de abril que a administração ainda não liquidou qualquer vencimento, pelo que os jogadores decidiram emitir uma carta aberta, na tentativa de ver resolvida a questão.

Após várias reuniões com a administração da SAD, ficou estabelecido um plano de pagamento por prestações que, até hoje, ainda não foi cumprido. "Fomos pacientes, compreensivos e cooperantes e aceitámos os vários alargamentos de prazo que nos foram pedidos. Mas não podemos continuar a aceitar que brinquem constantemente com as nossas vidas. O que nos estão a fazer é desumano, porque estão a mexer com as nossas vidas. O Clube Desportivo Pinhalnovense não merecia uma SAD assim", lamentam os jogadores.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.