Estrela da Amadora contesta arbitragem do jogo com o Praiense: «Vão ter de levar connosco»

Líder da Série G do Campeonato de Portugal com muitas críticas ao trabalho de António Moreira

O Estrela da Amadora, líder da Série G do Campeonato de Portugal, empatou (1-1) este domingo no terreno do Praiense e, no final, deixou duras críticas ao trabalho da equipa de arbitragem liderada por António Moreira, da Associação de Futebol de Vila Real. "O Estrela da Amadora está a incomodar muita gente mas vão ter de levar connosco até ao fim! No final vamos fazer as contas e vamos estar no 1º lugar porque estas arbitragens só nos dão mais força". afirmou Marco Ferreira, diretor executivo do emblema amadorense, no final do jogo.

Através de um comunicado, o Club Football Estrela da Amadora SAD deu conta de todos os lances que motivam o protesto: "Depois de uma expulsão fruto de uma falta completamente inexistente, ainda na primeira parte, depois de um golo mal anulado à nossa equipa, depois da expulsão do nosso treinador principal sem razão aparente para tal e depois de um acumular de faltas e faltinhas, mais uma vez em desfavor do Estrela da Amadora, não podíamos deixar de marcar uma posição em defesa dos interesses dos profissionais da arbitragem, nem como de toda a nossa massa associativa. Sublinhamos mais uma vez que nem o Conselho de arbitragem, nem os árbitros no geral, nem o Sport Clube Praiense, nada tem a ver com o que assistimos aqui hoje, que deve ser alvo de estudo profundo das entidades competentes."

O emblema presidido por André Geraldes prossegue em tom crítico: "Saudamos o facto do jogo de hoje ter sido presenciado por um observador da arbitragem e estamos em crer que será também alvo de avaliação pela equipa de observação do Conselho de Arbitragem da FPF, a quem deixamos aqui esse apelo."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.