Farense triunfa em Felgueiras

Nuno Borges confirma experiência algarvia

• Foto: Carlos Gonçalves

Num jogo sem margem de erro, o Farense venceu (3-2) em Felgueiras, conquistando uma importante vantagem para decidir em casa o apuramento para as meias-finais do playoff de subida.

Com ambas as equipas a recorrerem a sistemas táticos muito semelhantes, o Felgueiras mostrou-se mais afoito de início e logo na primeira aproximação com perigo à baliza dos algarvios marcou por Patrick, aos 14’. O atacante do Felgueiras beneficiou do desentendimento dos defesas adversários, todos a ver jogar. O mesmo Patrick podia ter ampliado logo a seguir, na sequência de um canto.

Não marcou e o Farense aproveitou, beneficiando de um erro do Felgueiras, que perdeu a bola em zona proibida e Jorginho não perdoou, restabelecendo o empate. O 1-1 ao intervalo deixava antever um jogo movimentado na segunda metade e as expectativas não foram goradas. O Felgueiras mais perigoso e com vontade de chegar ao golo, mas acabou por sobressair a maior experiência dos jogadores do Farense. Neca marcou num remate forte e colocado a uns 40 metros da baliza.

Um golo a fazer levantar o estádio, mas nem por isso fez demover os felgueirenses de lutar pelo resultado. E Zé Pedro, aos 80’, voltou a igualar o marcador, com um remate em arco que deixou o guardião Hugo Marques pregado ao relvado.

Com o Felgueiras balanceado no ataque à procura de ganhar vantagem na eliminatória, um erro defensivo permitiu novo golo dos algarvios. Nuno Borges fixou a importante vantagem que poderá ser determinante para o jogo do próximo domingo, em Faro.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.