Lusitano de Vila Real de Santo António critica duramente as arbitragens

Emblema algarvio pede isenção aos juízes para as últimas três jornadas da primeira fase

• Foto: José Manuel Martins

Os responsáveis do Lusitano de Vila Real de Santo António exigem "isenção" nas três jornadas que restam da primeira fase do Campeonato de Portugal. Os raianos ocupam o 3.º lugar na Série H, atrás de Farense e Louletano, e ainda sonham com o apuramento para a fase de subida.

"O nome do Lusitano não tem a força nem o peso do Farense ou do Louletano e abundam os motivos de queixa, pois praticamente semana após semana vimos lutando contra os adversários e contra os árbitros", referiu Ricardo Sousa, treinador do conjunto de Vila Real de Santo António.

O responsável técnico do Lusitano vai mais longe: "Em toda a minha vida desportiva não me recordo de nada assim e, mesmo num quadro de todo adverso, continuamos na luta. Não pretendemos receber qualquer prenda nas três jornadas em falta e apenas pedimos que não nos prejudiquem."

No próximo domingo o Lusitano desloca-se ao reduto do Farense, "um adversário com um orçamento muito superior, habituado a competir noutros campeonatos e servido por futebolistas muito experientes, mas confio plenamente nos meus jogadores e acredito que alcançaremos uma vitória."

O presidente do Lusitano, Miguel Vairinhos, referiu que "a carreira da equipa terá causado surpresa e, fruto disso, fomos seriamente prejudicados em várias partidas. O que esperamos é que as três jornadas finais decorram com a máxima normalidade, com isenção e sem prendas."

O clube algarvio prepara uma exposição - baseada nas imagens recolhidas em várias partidas - a enviar ao Conselho de Arbitragem no final da primeira fase do Campeonato de Portugal.

De acordo com Marco Almeida, diretor desportivo, "há pessoas incapazes para o exercício de determinadas funções e não acreditámos que muitos dos erros que nos prejudicaram seriamente tenham ocorrido sem querer. Quem apreciar as imagens perceberá isso. Se as pessoas não estão capacitadas para dirigir jogos de futebol, deverão ser punidas. É o que acontece com os jogadores, quando cometem erros..."

Por José Manuel Martins
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.