O jogo entre o Moncarapachense e Moura, da 23ª jornada da Série E do Campeonato de Portugal, foi interrompido este domingo à tarde, aos 63 minutos, com o resultado em 1-1, devido a uma forte tempestade que se abateu sobre Moncarapacho, no concelho de Olhão.

Um dos muros do campo António João Eusébio cedeu, causando danos em dezenas de viaturas que se encontravam estacionadas nas proximidades, e os bancos e painéis de publicidade voaram, ficando ainda destruídas extensas zonas de vedação.

Face à intempérie, o árbitro Luís Reforço, de Setúbal, decidiu que não estavam reunidas as condições mínimas para que o jogo prosseguisse e, não sendo possível reparar os danos em tempo útil, terá agora de ser encontrada uma data para jogar o tempo em falta.


As imagens da queda do muro do estádio do Moncarapachense

As imagens da queda do muro do estádio do Moncarapachense


Autor: Armando Alves