Record

Olhanense-Casa Pia acabou mais cedo após distúrbios entre adeptos locais e jogadores visitantes após o 1-2

Árbitro considerou que não estava reunidas as condições para continuar e terminou jogo aos 81'

• Foto: Nuno Alfarrobinha
O Olhanense-Casa Pia, da 30.ª jornada da Série D do Campeonato de Portugal, terminou aos 81' - pouco depois do segundo golo dos visitantes (1-2) - devido a distúrbios entre adeptos locais e a equipa lisboeta. Nos festejos desse golo, de André Lopes, os adeptos locais alegaram que jogadores como Roncatto ou o guarda-redes suplente foram até junto da bandeirola de canto e os terão provocado, com gestos obscenos. A claque algarvia revoltou-se e tentou invadir o campo, chegando mesmo a pisar o relvado. Foram arremessados copos de plástico e um rolo de fita-cola terá mesmo atingido um futebolista do Casa Pia.

A ausência de policiamento e os poucos stewards presentes não conseguiram travar os simpatizantes locais, o que levou o árbitro a interromper a partida e a chamar a PSP. Durante esse período, o speaker ainda tentou pedir calma, explicando que o jogo continuaria após todos os presentes na bancada se sentarem, mas sem efeito. Ao final de 30 minutos, e sem a polícia ainda presente, o juiz do encontro entendeu que não havia condições para prosseguir e deu o apito final.

Contactado por Record, Carlos Pires, diretor do Casa Pia, contou a versão dos gansos. "Quando festejávamos o 2-1, adeptos do Olhanense atiraram-nos objetos, um isqueiro acertou na cabeça do nosso guarda-redes suplente. Depois, elementos da claque do Olhanense abriram o portão da bancada e invadiram o recinto. Pessoas do nosso staf tentaram acalmar os ânimos mas de nada valeu. Fomos agredidos no túnel de acesso ao balneário. O árbitro chamou a polícia mas como não apareceu em 30 minutos, apitou para o final do jogo. Escreveu no relatório que o jogo tinha terminado por falta de condições de segurança."

De referir que no primeiro golo do Casa Pia já tinham ocorrido alguns distúrbios, pois os adeptos do Olhanense consideraram-se provocados por elementos do banco dos gansos. Nesse momento, os stewards ainda conseguiram conter a fúria dos algarvios.

Entretanto, segundo apurámos, a Federação Portuguesa de Futebol vai notificar os dois clubes para que o jogo seja reatado hoje (2ª feira), conforme os regulamentos, situação que não agrada aos casapianos pois regressaram a Lisboa após o jogo de domingo, que consideram ter terminado, como dizem que o árbitro escreveu no relatório.

VEJA OU REVEJA A TRANSMISSÃO DO JOGO
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas