Pedro Araújo já não vai ser CEO do União SAD

Falta de disponibilidade de tempo limitam a entrada na estrutura unionista

• Foto: Facebook / Pedro Araújo

Dois dias depois de ter sido anunciado como um dos elementos da nova administração do União SAD como vice-presidente e de exercer também o cargo de CEO, Pedro Araújo, não vai aceitar este desafio unionista. O Record sabe que algum desconforto em relação à gestão da SAD e a falta de tempo face aos restantes afazeres profissionais, levaram a este volte face. Contactado pelo nosso jornal, Pedro Araújo não quis tecer qualquer comentário sobre o tema e não confirmou a sua saída da estrutura dos azuis e amarelos.

Quanto à presença deste dirigente no CF União e na Associação Desportiva União da Madeira, o Record sabe que Pedro Araújo ainda está a ponderar se é possível continuar a ajudar, face à insistência dos restantes elementos da direção para que tal possa ser possível. Por coerência e inerência, o ex; CEO considerava que tal não devia suceder, mas aceitou pensar sobre o assunto. Em cima da mesa poderá estar uma possível colaboração com os unionistas, mas sem exercer qualquer cargo na estrutura das duas instituições.

Por João Manuel Fernandes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.