Presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar do V. Setúbal defende eleições

João Martins defende a realização de eleições que os sócios decidam se devem dar um voto de confiança a Paulo Gomes

• Foto: Pedro Ferreira

O presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) do V. Setúbal, João Martins, defende a realização de eleições para que os sócios decidam se devem dar um voto de confiança à direção liderada por Paulo Gomes, dirigente eleito em janeiro de 2020. "Considera o CFD que a eleição dos atuais órgãos sociais foi sustentada num programa cuja concretização não foi alcançado, antes pelo contrário", disse em alusão à descida decretada pela Liga ao Campeonato de Portugal devido ao incumprimento de pressupostos financeiros.

"Embora seja da exclusiva responsabilidade da direção a gestão direta do Vitória e, de forma indireta, da SAD, é incontornável que os atuais órgãos sociais não tem legitimidade moral para continuarem em funções por terem sido eleitos em lista única", disse o dirigente no comunicado enviado a Record.

Sem entrar em pormenores, João Martins anunciou que o CFD "no exercício das suas funções deliberou pela apresentação de um processo-crime junto do Ministério Público sobre factos ocorridos na SAD". No documento, o dirigente lamenta a falta de colaboração da administração da SAD vitoriana, presidida por Paulo Gomes na entrega de documentos solicitados para averiguar factos ocorridos no passado. "Lamentamos a total indisponibilidade do Conselho de Administração da SAD em colaborar com o Conselho Fiscal e Disciplinar em todo o trabalho desenvolvido, nomeadamente na não entrega de documentos solicitados. A direção apenas disponibilizou um único documento dos muitos solicitados".

No comunicado, o líder do CFD fez ‘mea culpa’ pelo atual momento. "Sentindo orgulho pelo trabalho que tem desenvolvido e que a seu tempo a Justiça se pronunciará, não pode o Conselho Fiscal e Disciplinar passar sem um humilde e sentido pedido de desculpas aos sócios do Vitória por ter acreditado e fazer acreditar num projeto que afinal não tinha a sustentabilidade que nos fizeram crer que existia".

Por Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.