Rui Duarte critica polícia: «Houve jogadores que levaram com spray nos olhos»

Treinador do Farense deixa claro que algarvios nunca faltaram ao respeito a ninguém

• Foto: Ricardo Nascimento

O Farense assegurou a subida à Segunda Liga, com um empate a um golo em casa do Vilafranquense, mas a festa dos algarvios acabou irremediavelmente manchada por confrontos entre polícia e adeptos algarvios. Uma situação que Rui Duarte, técnico dos de Faro, lamenta, considerando mesmo que faltou o "mínimo de compreensão" às forças da autoridade.

"É normal o festejo e que os adeptos sintam necessidade de extravasar com alegria. Houve jogadores que levaram com spray da polícia nos olhos. Deixa-me triste. Tem de haver o mínimo de compreensão. Não ofendemos ninguém. Só queríamos festejar. Talvez tenha sido por estarmos demasiado perto da claque do Vilafranquense, mas nunca faltámos ao respeito a ninguém".

Análise ao jogo

"O jogo em casa foi crucial. Tivemos praticamente o controlo da eliminatória, fomos muito fortes em casa, conseguimos uma boa vantagem (3-0). Jogámos contra uma grande equipa, muito bem organizada e que chegou aqui com mérito.

Nunca senti que o jogo estivesse fora do nosso controlo. Temos uma equipa muito experiente e jogadores com muito caráter. Foram todos utilizados e todos podem dizer que subiram à Segunda Liga. Fico orgulhoso por eles

Agora, fica a promessa de que vamos tentar oferecer aos adeptos o tão desejado título e ficar na história deste grande clube. Fico muito contente por fazer parte desta história.


Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0