Trofense assume-se candidato à subida à 2ª Liga

Sérgio Guedes, diretor desportivo, realça “o projeto bem delineado”

Sérgio Guedes é o diretor desportivo do emblema da Trofa
Presidente do Trofense, Franco Couto
Sérgio Guedes é o diretor desportivo do emblema da Trofa
Presidente do Trofense, Franco Couto
Sérgio Guedes é o diretor desportivo do emblema da Trofa
Presidente do Trofense, Franco Couto

Com uma caminhada que tem surpreendido, o Trofense, à 21ª jornada, partilha a liderança da Série A do Campeonato de Portugal com os mesmos 46 pontos do Vizela. Sérgio Guedes, diretor desportivo do emblema da Trofa, assumiu, em exclusivo a Record, o objetivo da subida à 2ª Liga.

"O primeiro objetivo era a manutenção, mas as coisas têm corrido bem e, quanto mais aparecemos, mais força acabamos por ter. Já sentimos, de certa forma, que somos o alvo a abater. Veja-se, por exemplo, a suspensão de um mês do Bruno Moraes ou os dois jogos aplicados ao Duarte Duarte", começou por dizer o dirigente, antes de falar da importância da pessoa do presidente Franco Couto: "Este projeto foi bem delineado pelo presidente Franco Couto que tem investido muito dinheiro, trabalhando afincadamente e a dar todas as condições ao grupo de trabalho. O objetivo a curto prazo passa por subir à 2.ª Liga e estabilizar este clube histórico nessa divisão."

O talento dos jogadores que compõem o plantel bem como o talento do treinador Hélder Pereira são mais-valias que Sérgio Guedes, também diretor-geral da SDUQ que gere o futebol sénior dos trofenses, faz questão de vincar. "O Hélder Pereira foi um treinador no qual apostei contra a opinião de várias pessoas que achavam que não ia dar certo, mas está a provar a sua qualidade e a solidificar um elo forte com os jogadores. O nosso plantel é muito talentoso e dou-lhe o exemplo do Yohan, que chegou agora em janeiro do Brasil: tem apenas 18 anos e em dois jogos fez uma assistência e marcou um golo de livre daqueles de levantar o estádio. Esse não engana. Vai dar grande jogador", reforçou.

Colado ao topo da classificação, o Trofense precisa mais do que nunca do apoio dos seus adeptos para garantir o acesso ao play-off de subida. A SDUQ tem-se esforçado por mobilizar essa comunhão entre clube e população. "O plantel tem visitado vários pontos da cidade e participado em algumas atividades com as crianças nas escolas. Em breve vamos ter dois jogos muito importantes em casa, contra Fafe e São Martinho, e queremos por isso ter o estádio cheio. Precisamos muito desse apoio até porque no Campeonato de Portugal a falta de receitas destrói completamente os clubes. Na nossa equipa todos são e treinam como profissionais, logo é preciso investir muito, muito dinheiro e não há receitas. Um estádio cheio seria uma boa ajuda", concluiu o dirigente.

Por Ruben Tavares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.