Vilafranquense: Sindicato acionou Fundo de Garantia Salarial esta terça-feira

Plantel tem três meses de salários em atraso

• Foto: Vítor Neno

O Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol anunciou ter acionado junto do plantel do Vilafranquense o Fundo de Garantia Salarial esta terça-feira que confere apoio salarial aos jogadores para "os encargos mais urgentes". "A administração da Vilafranquense SAD falhou com esta obrigação fundamental e tem vindo a quebrar, reiteradamente, as promessas feitas aos jogadores. Dirigentes como estes não podem ter lugar no futebol. O Fundo de Garantia Salarial apenas minimizou situações verdadeiramente dramáticas, ajudou famílias cuja subsistência está seriamente comprometida", esclareceu o presidente da entidade, Joaquim Evangelista, em declarações ao site oficial do SJPF.

Recorde-se que o Sindicato deu no último sábado 10 dias à administração liderada por Luiz Andrade para cobrir os três meses de salários em falta aos funcionários. Caso não suceda, Evangelista prometeu uma "posição definitiva de força de não jogar mais".

Apesar da situação difícil, o Vilafranquense manteve o 2º lugar da Série C do Campeonato de Portugal no último domingo após um empate (1-1) no dérbi com o Alverca.

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.