Willy Gonçalves acaba com jejum do Atlético

Foram 320 dias sem ganhar

• Foto: DR Record

Foram 320 dias sem ganhar. O Atlético, um dos históricos do futebol português, viveu um jejum de vitórias até ao último domingo. Dois empates e 18 derrotas depois, os alcantarenses obtiveram pela primeira vez os três pontos num jogo oficial em 2016/17.

Ganhar era coisa que se desconhecia desde 6 de abril de 2016, numa deslocação a Barcelos, onde o Atlético, ainda na 2ª Liga, derrotou o Gil Vicente por 2-0. Agora, a ‘vítima’ foi o Pinhalnovense (2-1) em jogo para a Série G da Fase de Permanência do Campeonato de Portugal. A demora deve-se... à ansiedade. "É muito tempo sem ganhar e o plantel é novo. As vitórias criam muita ansiedade quando não aparecem. É um triunfo importante para o grupo", desvendou Willy Gonçalves, o homem do jogo. O avançado de 33 anos ex-At. Reguengos, uma das 13 contratações do Atlético em janeiro, marcou e assistiu, mas recusou puxar para si os louros do triunfo inédito, que mesmo assim não tirou a equipa do último lugar da tabela.

"Demos os parabéns a todos. Não foi uma vitória só do Willy. O grupo é maravilhoso, é como se fossemos uma família", reiterou o angolano, que acredita que o triunfo terá consequências: "Vamos conseguir a permanência!"

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Campeonato de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.