Acácio Correia desiste da corrida à presidência do V. Setúbal

Por "falta de tempo para constituir lista credível e séria"

• Foto: DR

Uma semana depois de ter revelado a Record que preparava a candidatura à presidência do V. Setúbal, Acácio Correia, que esteve na corrida às eleições de 2003, anunciou este sábado que não irá apresentar uma lista às eleições para os órgãos sociais do clube de 28 de Dezembro.

No texto enviado a Record, o empresário, de 70 anos, começa por explicar as razões do retrocesso: "É com muita tristeza que venho por este meio informar que, devido a falta de tempo para constituir uma lista credível e séria, como penso que o clube merece, deixo de ser candidato ao Vitória".

Acácio Correia, que chegou esta semana a Portugal oriundo do Peru, revela que a ação judicial movida pela Câmara Municipal de Setúbal foi determinante para o desfecho, uma vez que atrasou o processo. "A notícia, no dia seguinte à minha chegada ao país [16 dezembro], da ação judicial da Câmara Municipal contra o Vitória e a VFC SAD acabou por prejudicar o nível de confiança da parte do investidor, questão que foi ultrapassada, mas originou a falta de tempo".

E acrescenta: "Mesmo estando radicado no Peru, disponibilizei-me para vir tentar reerguer o nosso Vitória. O projeto, que em conjunto com o investidor tínhamos delineado para o VFC, passaria antes de mais por um encontro com a Câmara, a fim de esclarecer a autarquia sobre o nosso projeto e as nossas intenções, bem como saber se a Câmara partilhava das mesmas ideias connosco".

A finalizar o texto, Acácio Correia deixa um apelo. "Julgo que não deveríamos deixar morrer o nosso Vitória já que o mesmo tem salvação e não nos podemos esquecer do quanto custou aos fundadores do nosso clube construí-lo. O Vitória tem salvação não necessita de mais coveiros mas sim de profissionalizar a SAD e o clube. Estou e estarei sempre disponível para o nosso Vitória".

Por Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.