Arnold: «Não ganhávamos ao Benfica há muito»

Quer triunfar em Vila do Conde e recorda os bons resultados ante os grandes esta época

• Foto: Ricardo Nascimento

O facto de o V. Setúbal nunca ter vencido no reduto do Rio Ave - 16 derrotas e quatro empates em 20 jogos na 1ª Liga - não assusta o defesa Arnold, que acredita que os sadinos podem quebrar a malapata em Vila do Conde, amanhã, tal como já fizeram esta época noutras ocasiões. "Também já não ganhávamos há muito tempo ao Benfica nem empatávamos com o FC Porto e esta temporada conseguimos fazê-lo. Nunca ganhámos lá e seria bom fazê-lo", explicou.

O congolês, que anteontem celebrou o 25º aniversário, não esconde o desejo de receber a prenda três dias depois. "Gostaria de recebê-lo daqui a uns dias. O objetivo é conquistar os três pontos. Ganhar ao Rio Ave seria o melhor presente", referiu, revelando o objetivo de replicar a estratégia usada na 28ª jornada. "Vamos jogar com a mesma atitude, pois queremos dar continuidade ao último resultado", afirmou, reportando-se ao triunfo caseiro frente ao Moreirense.

Questionado sobre as principais dificuldades de atuar em Vila do Conde, o futebolista, que está no Bonfim desde 2015, é perentório. "Fala-se muito no vento, mas as duas equipas têm de se adaptar a isso. É uma parte do jogo favorável a cada clube. Temos de nos preocupar com o adversário e não com o vento nem o ambiente", sublinhou, lembrando que o Vitória se dá bem com ambientes adversos, como aconteceu na Luz e no Dragão, com ambos os jogos a culminarem com empate a um. "Ambientes assim dão-nos mais força", finalizou, confiante.

Por Ricardo Lopes Pereira
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.