Mauro de Almeida: «Nem quero imaginar como se sentem Gauld e André Geraldes»

Candidato à presidência comenta recente episódio com o Sporting

• Foto: Vítor Chi

R – Como é que viu todo este imbróglio relativamente às críticas entre Sporting e V. Setúbal nos últimos dias?

MA – Toda a gente tem a perder nesta história. Tem a perder o futebol português que, mais uma vez, se vê envolvido numa história rocambolesca; tem a perder o V. Setúbal porque perde dois jogadores que eram importantes; perdem os jogadores que estavam a fazer a sua formação. Por exemplo, tanto o Rúben Semedo como o João Mário completaram a sua formação no V. Setúbal. Também perde o Sporting porque os atletas, de repente, quebram a formação e eu nem quero imaginar como é que aqueles atletas [Ryan Gauld e André Geraldes] se sentem atualmente e como é que o Sporting irá fazer a gestão de carreira deles.

R – Se chegar à presidência, o V. Setúbal vai continuar a tentar empréstimos de jogadores junto dos três grandes como tem feito?

MA – Podemos tentar um empréstimo mesmo não sendo a nossa prioridade. Podemos tentar algumas soluções mas, obviamente, salvaguardando primeiro, a possibilidade de comprarmos esses atletas e, segundo, que estas situações não aconteçam e refiro-me a algumas cláusulas. Para o caso de quererem resgatar os jogadores terão de pagar por isso porque o V. Setúbal foi prejudicado, nesta situação, e agora no mercado terá de encontrar dois jogadores com aquelas características.

Por Flávio Miguel Silva e Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.