Quebrar enguiço de 33 anos diante do FC Porto

Último triunfo no Bonfim foi em 1983

• Foto: Manuel Araújo

Para encontrar registo do último êxito do V. Setúbal, no Bonfim, sobre o FC Porto é preciso recuar a 6 de março de 1983, dia em que a equipa treinada por Manuel Oliveira bateu o dragão de José Maria Pedroto, por 3-1. Já lá vão 33 anos de enguiço e sempre que os sadinos defrontam os azuis e brancos renova-se nas margens do Sado a esperança do fim do jejum.

O capitão Frederico Venâncio, que nasceu quase dez anos depois do dia em que os setubalenses ganharam pela última vez em casa ao FC Porto, não se assusta com a tendência e, garante, que os números são mais um estímulo para a equipa. "Nos últimos anos o Vitória não tem conseguido ganhar ao FC Porto. Esse facto é uma motivação extra para nós. Temos qualidade e vamos tentar quebrar esse registo."

Refira-se que este século, os sadinos somam por derrotas os duelos realizados com os dragões em Setúbal. A última vez que a equipa pontuou remonta a 1997/98, temporada em que se registou uma igualdade (1-1). O sadino Amaral e o portista Jardel foram os autores dos golos. 

Fraca adesão de público

A julgar pela procura de bilhetes no Bonfim, o duelo entre V. Setúbal e FC Porto está, até ao momento, longe de empolgar os adeptos dos dois clubes. Apesar de os dragões terem solicitado mil ingressos (150 dos quais para a delegação de Setúbal), a procura de bilhetes tem sido fraca, prevendo-se uma casa na ordem dos cinco a seis mil espectadores. Nas receções ao Benfica e Sporting, estiveram nas bancadas, respetivamente, 9.323 e 6.560 adeptos.

Por Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.