Agora é para jogar só dentro de campo

Fim do boicote na AF Porto

Daqui para a frente, o futebol no Pró-Nacional da Associação de Futebol de Porto joga-se apenas e só dentro das quatro linhas. Pelo menos é isso que Canelas e os cinco adversários na fase de subida garantem, depois de uma época marcada pelo boicote à equipa de Fernando Madureira, líder da claque Super Dragões.

Agora, Aves B (recebe hoje, às 16 horas, o Canelas, em jogo antecipado devido ao FC Porto-V. Setúbal de amanhã), Lixa, Rebordosa, Rio Tinto e Maia Lidador vão mesmo entrar em campo, embora estes dois últimos tenham feito parte do lote de clubes da Série 1 que recusaram defrontar o Canelas. Ao todo, foram 16 encontros que terminaram com falta de comparência, algo que o clube lamenta.

"Nunca quisemos vencer na secretaria. O nosso maior obstáculo foi o ostracismo durante quatro meses. Era quase impossível manter os níveis de desempenho. A vontade, atitude, trabalho, dedicação à equipa e espírito de família ajudaram-nos a ganhar os poucos jogos que fizemos. Vamos jogar de espírito aberto", afirmou o presidente Bruno Canastro a Record.

Toda a polémica acaba por ser desvalorizada pelo dirigente, que espera uma competição dura. "Depois de tudo o que aconteceu, seis clubes têm intenção de subir e tudo vão fazer para o conseguir. Cada jogo é uma final! O Canelas vai fazer o mesmo de sempre, com forte união e uma gigantesca vontade de ganhar", frisou.

Tirsense falha tentativa

Quem falhou esta fase foi o Tirsense, que viu a AF Porto rejeitar uma ação para travar o início da prova. Isto porque um erro na ficha de jogo com o Vilarinho valeu a derrota ao clube, que ficou de fora da subida, com o Lixa a aproveitar.

Por João Baptista Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coluna Distrital

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0