Amora ambicioso quer voltar à ribalta

Histórico apostou em André Dias (diretor-geral) e Rúben Nunes (defesa)

• Foto: Fernando Ferreira

Entre 1980/81 e 1982/83, o Amora participou no principal escalão do futebol português. Agora está no Distrital, mas o clube onde Jorge Jesus nasceu como treinador está apostado em voltar à ribalta. Para isso, contratou André Dias (diretor-geral) e Rúben Nunes (defesa), que levaram o Cova da Piedade deste ponto para a 2ª Liga. "O projeto é ambicioso e está a crescer todos os dias. Temos um excelente treinador e fiquei impressionado com o que encontrei", contou-nos o diretor-geral.

Já Rúben Nunes, de 25 anos, nem hesitou. "Rejeitei vários clubes do Campeonato de Portugal porque esta estrutura é incrível. Trabalha muito bem a todos os níveis e isso mostra que há qualidade a mais para o Distrital", explicou.

Por seu turno, o técnico Élio Santos mostrou-se entusiasmado. "O André e o Rúben vêm de uma estrutura profissional e vão ajudar muito. As bases estão lançadas!", atirou o treinador, que prepara a 1ª ronda da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Vitória do Pico.

Outro traço curioso no Distrital é o facto de o Amora ter acabado de fechar um contrato publicitário por... cinco épocas. "A Rimauto é uma empresa de referência em Setúbal e está a apostar muito em nós. Mostra que temos futuro", explicou Luís Miguel Gonçalves, diretor de comunicação. * p.g.p.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coluna Distrital

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.