Abel Ferreira, um possível regresso à Europa e o campeonato que mais o atrai

Treinador português foi recebido esta sexta-feira na Câmara Municipal de Penafiel

O treinador dos brasileiros do Palmeiras, o português Abel Ferreira, foi esta quinta-fiera homenageado pela Câmara Municipal de Penafiel, localidade da qual é natural.

O técnico, vencedor da Taça Libertadores e da Taça do Brasil, foi recebido pelo executivo municipal penafidelense, que é presidido por Antonino de Sousa, nos Paços do Concelho, onde recebeu uma lembrança do município.

Esta receção ocorre depois de ter sido distinguido no dia da cidade, em 3 de março, com o título de cidadão honorário e a medalha de ouro concelhia, entregue à sua esposa, devido aos compromissos profissionais do treinador.

Na segunda-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, agraciou Abel Ferreira com a Ordem do Infante D. Henrique pelos seus êxitos no Palmeiras.

Abel Ferreira assumiu o comando técnico do Palmeiras no final de outubro de 2020, levando a equipa à conquista da Taça Libertadores, um ano depois de Jorge Jesus o fazer com o Flamengo, e da Taça do Brasil.

O verdão só tinha levantado a Libertadores uma vez, em 1999, com o ex-selecionador português Luiz Felipe Scolari, somando nova conquista com a vitória sobre o Santos, por 1-0, em 30 de janeiro deste ano, no Maracanã.

Antes de chegar ao clube brasileiro, o antigo lateral de Sporting, Vitória de Guimarães e Sporting de Braga orientava os gregos do PAOK, após passagens pela equipa B dos leões e pelos bracarenses.

À margem da cerimónia de hoje, questionado também sobre um eventual regresso à Europa e a possibilidade de treinar numa das grandes ligas do velho continente, respondeu que o campeonato alemão é o que mais o atrai.

"Eu acho que seria a liga alemã, onde os treinadores portugueses ainda não tiveram a oportunidade de abrir ali uma porta. Eu gosto de fazer o que ainda não foi feito", comentou.

Abel Ferreira recordou os embates na fase de grupos da Liga Europa de 2017/18, com o Hoffenheim, que os bracarenses venceram em casa, por 3-1, e em solo alemão, por 2-1.

"Adorei fazer esses dois jogos", salientou, concluindo: "É um dos campeonatos que me atrai. Não sei se vai ser possível, porque no futebol não é o que tu queres, mas quem te quer".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.