AG extraordinária da FPF: votação do Regulamento Disciplinar da Liga suspensa

Decisão fica guardada para a Assembleia Geral de 25 de julho

• Foto: Vítor Chi
Foi suspensa esta quarta-feira, na Assembleia Geral extraordinária da FPF, a votação da ratificação das alterações ao Regulamento Disciplinar das competições organizadas pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional. A decisão fica guardada para a Assembleia Geral de 25 de julho. Em causa estavam vários pontos, sendo o de maior realce a possível não penalização nas recusas à seleção.

"Decidimos solicitar ao órgão competente da Liga, a AG da Liga, para proceder a nova leitura desses artigos em conformidade com pareceres jurídicos, para haver conformidade absoluta. Liga aceitou e haverá AG na Liga onde se procedera à conformidade do regulamento de Disciplina. Retomará a 25 de julho para aprovação final do regulamento, já para o próximo campeonato. Respeito muito grande das instituições e salvaguarda do futebol, em total harmonia", referiu José Luís Arnaut.

A Liga, entretanto, já emitiu um comunicado sobre o tema, assumindo entender "que todas as diligências clarificadoras são uteis e desejáveis e não deixará de as levar a cabo". "Os Clubes sempre estiveram, estão, e estarão junto daquela que é a nossa maior equipa, a Seleção Nacional", refere.

Eis o comunicado da Liga Portugal:

"A Liga Portugal, bem como todos os delegados à Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol, foi confrontada esta quarta-feira, pelas 12:01 horas, com o parecer do Conselho de Disciplina da FPF no qual levantava reservas quanto à eventual existência de desconformidades legais nos artigos 225.º, 259.º, 261.º e 276.º do Regulamento Disciplinar da Liga Portugal.

Da mesma forma, e apesar de ter estado presente nas duas reuniões da Liga onde a questão foi discutida, também a Direção da FPF levantou questões e dúvidas quanto ao artigo 150.º do mesmo Regulamento, cuja discussão e ratificação se encontrava na ordem de trabalhos da Assembleia Geral da FPF, com o ponto a ser suspenso e retomado para discussão e votação numa Assembleia Geral, a realizar-se a 25 de julho. Uma suspensão plenamente justificada para que questões de índole jurídica possam ser avaliadas com a atenção devida.

A Liga Portugal entende que todas as diligências clarificadoras são uteis e desejáveis e não deixará de as levar a cabo.
Os Clubes sempre estiveram, estão, e estarão junto daquela que é a nossa maior equipa, a Seleção Nacional."
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas