Candidatura de Fernando Gomes com o apoio de 28 dos 29 sócios da FPF

Eleições a 4 de junho

• Foto: Paulo Calado

A recandidatura de Fernando Gomes à presidência da Federação Portuguesa de Futebol soma já o apoio de 28 dos 29 sócios da FPF, depois de a ANDIF – Associação Nacional de Dirigentes de Futebol e a ANEDAF – Associação Nacional dos Enfermeiros Desportivos e Massagistas do Futebol terem manifestado esta segunda-feira também o seu apoio ao atual presidente do organismo.

Fernando Gomes tem, assim, o apoio público de todas as 22 Associações Distritais e Regionais de futebol e das seis associações de classe, uma vez que Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), a Associação Nacional de Médicos de Futebol (AMEF), a Associação Nacional dos Treinadores de Futebol (ANTF) e o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) já se tinham colocado ao seu lado.

"Apoiamos a recandidatura de Fernando Gomes à presidência da Federação Portuguesa de Futebol essencialmente pelo trabalho feito nos últimos quatro anos. Seriam muitos os destaques a fazer, mas a agilidade com que os problemas são resolvidos é, para nós, o principal. No que diz respeito à minha associação, a nossa grande batalha é a formação de dirigentes, relativamente à qual não se fez nada nos últimos quatro anos, mas reconhecemos que havia outras prioridades", afirmou o presidente da ANDIF, Diamantino Gonçalves.

Já o presidente da ANEDAF, Manuel Amaral Cunha, sublinhou: "Fernando Gomes é o homem que mexeu com o futebol nacional e internacional. Todos os atos cometidos enquanto presidente da Federação Portuguesa de Futebol foram excelentes. Tem uma visão para o futebol como não encontrámos outra igual. Com a sua elegância e maneira de ser, estes quatro anos foram excelentes. Na última eleição apoiámos outro candidato, mas chegámos à conclusão de que o Dr. Fernando Gomes é o melhor e, por isso, a Direção da ANEDAF decidiu, por unanimidade, apoiá-lo incondicionalmente".

A recandidatura de Fernando Gomes à presidência da FPF já conta, ainda, com o apoio público de 32 dos 37 clubes que disputam as competições profissionais (13 dos 18 da Liga NOS e todos os 19 da Ledman ProLiga, não contando com as equipas B, num total de 86,5%).

As eleições realizam-se a 4 de junho.    

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.