Federação castiga treinadores do Gafanha sem título

Participantes nos campeonatos nacionais de iniciados e da 2ª Divisão de juniores

• Foto: DR Record

A secção não profissional do CD da FPF teve mão pesada com o Gafanha devido a irregularidades com as equipas técnicas do clube participantes nos campeonatos nacionais de iniciados e da 2ª Divisão de juniores, cujos elementos não tinham as habilitações exigidas.

Na sequência de uma participação apresentada pela Associação Nacional dos Treinadores de Futebol (ANTF) foram constituídos arguidos neste processo Eduardo Vargas, Tiago Coelho e Paulo Pereira. O Gafanha é condenado a pagar uma multa de 10.472 euros e a disputar um total de 15 jogos à porta fechada.

A sanção de jogos sem público fica suspensa durante um ano, período em que o clube não pode voltar a cometer qualquer infração disciplinar, enquanto parte da multa fica também – 5.100 euros no caso – em suspenso durante um ano. Os arguidos foram suspensos entre sete e 180 dias, pagando multas entre os 43 e os 952 euros.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.