FPF proíbe transferências ponte

No seguimento do que já tinha sido decidido pela FIFA

• Foto: Vítor Chi

A direção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) proibiu a existência das chamadas transferências ponte no futebol nacional. Isto significa que um jogador terá de estar pelo menos 16 semanas (quatro meses) no clube que o contratou, sem ser novamente negociado. Ou seja, o emblema em questão fica obrigado a manter qualquer futebolista contratado pelo menos até à janela de transferências seguinte.

A decisão vem no seguimento do que foi decretado pela própria FIFA no seu regulamento de transferências. A entidade que rege o futebol mundial sublinhou mesmo que em caso de não cumprimento desta norma haverá lugar a sanções a todos os envolvidos.

30
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0