FPF quer Gil Vicente na Liga já em 2018/19

Federação "não se vinculou" ao acordo entre clubes patrocinado pela Liga, que vai analisar

• Foto: Ricardo Almeida

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) pretende que o Gil Vicente seja integrado na Liga NOS já na próxima época e não apenas em 2019/20, como a Liga anunciou que aconteceria, ao abrigo do que está estabelecido no Regulamento de Competições.

Através de um comunicado divulgado no site oficial do organismo, a direção da FPF revelou que só ontem tomou conhecimento "da assinatura de um documento intitulado 'Memorando de Entendimento', subscrito pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Gil Vicente e Os Belenenses", que "analisará, no superior interesse do futebol português". Ainda assim, a FPF deixou claro que "não se vinculou" ao documento em causa e promete que "em devido tempo a direção tomará as decisões que lhe competem".

O organismo reitera "de forma integral" o conteúdo do comunicado emitido a 6 de junho de 2016, na sequência da primeira decisão da Justiça comum a ordenar a integração do Gil Vicente na 1ª Liga. Nessa altura, a FPF decidiu não apresentar recurso e recomendou à Liga que levasse a cabo "os atos necessários à integração" do Gil Vicente na Liga NOS "no mais curto espaço de tempo possível". Ora, como o Belenenses acabou por recorrer para o Tribunal Central Administrativo do Sul, a execução da sentença foi adiada. Depois, foi introduzido o artigo 21º A no Regulamento de Competições, que determina os termos da "integração de clube na Liga NOS em cumprimento de decisão judicial". No entanto, a FPF mantém a pretensão de ver o emblema de Barcelos na 1ª Liga "no mais curto espaço de tempo possível". E isso é já 2018/19.

Ao que foi possível saber, a grande preocupação da Federação tem a ver com a integridade das competições, algo que poderá ser colocado em causa enquanto houver uma equipa a competir sem qualquer objetivo, pois tem sempre garantida uma promoção, mesmo que perca todos os jogos e desça de divisão em dois anos consecutivos. Além disso, o 'timing' do anúncio do acordo também não agradou à FPF. Tudo porque ainda há muitos jogos para disputar esta época na 2ª Liga e o Gil Vicente poderá agora 'desligar-se' da competição durante ano e meio. 

Por Sérgio Krithinas
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.