Jorge Ferreira processa Conselho de Arbitragem

Antigo árbitro pede reintegração no quadro C2 após decisão do Conselho de Justiça

• Foto: Paulo Calado
Jorge Ferreira, antigo árbitro, entrou com uma ação no Conselho de Justiça contra o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol. Em causa está a sua não integração na Categoria C2, depois de o Conselho de Justiça ter anulado a sua exclusão do quadro de juízes da 2.ª categoria, ordenada pelo Conselho de Arbitragem no início desta temporada.

Jorge Ferreira considera ilegal o órgão federativo não acatar a decisão do Conselho de Justiça e espera, através de nova ação, ser reintegrado no quadro C2 e, posteriormente, ser jubilado como árbitro nacional.

Jorge Ferreira foi despromovido à C2 no final da temporada 2016/17, situação que contestou, alegando incompatibilidade de Paulo Costa, um dos responsáveis pelas classificações e irmão de Rui Costa, árbitro do quadro C1. O CJ deu-lhe razão e o Conselho de Arbitragem elaborou uma nova classificação, sem contabilizar as avaliações feitas por Paulo Costa, mantendo o árbitro em lugar de despromoção. Este recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto, que deu razão à Federação Portuguesa de Futebol.
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas