Liga cria fundo de contingência de 561 mil euros para acautelar o futuro

Organismo teve saldo de 2 milhões de euros, mas aprovou medida em Assembleia Geral

• Foto: Lusa

A Liga anunciou, esta segunda-feira, que irá criar um fundo de contingência no valor de 561 mil euros para acautelar alguns passivos contingentes fiscais e judiciais de que é demandada desde 2003. A medida foi adotada por prudência, de modo a acautelar o futuro do organismo mediante determinadas decisões que possam advir, e obteve aprovação da esmagadora maioria dos clubes que se fizeram representar numa reunião realizada na sede da Liga, à qual faltaram apenas Chaves e Estoril.

Na mesma medida, foi também aprovado por maioria o relatório e contas 2018/19, do qual deriva um resultado operacional positivo de 2,024 milhões de euros. Este foi o quarto ano consecutivo de saldo positivo para o organismo, o que, para Telmo Viana, diretor financeiro, é sinónimo do esforço e rigor com que a Liga tem encarado os seus compromissos.

O responsável dirigente, que esteve na conferência após a reunião magna, garantiu ainda que a expectativa passa por assegurar que grande parte dos encargos são liquidados, nomeadamente dívidas a fornecedores e à Federação Portuguesa de Futebol. A dívida à banca, essa, já foi totalmente paga.

 

 

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.