Liga notificou Santa Clara antes da denúncia do União da Madeira

Em causa a não utilização de jogadores sub-23 em três partidas da 2ª Liga

O presidente do Santa Clara, Rui Cordeiro
• Foto: Ricardo Jr

Foi a direção executiva da Liga quem notificou Santa Clara a 9 de março, sobre a utilização correta, ou não, dos jogadores sub-23 em três encontros da 2ª Liga esta época. Depois, o organismo deu conhecimento da situação à sua comissão de instrutores.

Recorde-se que o União da Madeira exigia que o Santa Clara fosse punido com a sanção de derrota e de subtração de pontos, como previsto no artigo 78.º do regulamento disciplinar da Liga, que aborda a inclusão irregular de jogadores, sustentado também no artigo 77.º A, do regulamento de competições, que define a inclusão de jogadores de ficha de jogo. 

Contudo, a Comissão de Instrutores da Liga (CI) propôs como penalização ao clube açoriano uma multa. Caberá ao Conselho de Disciplina da Federação, a quem o União apelou, a decisão final. No próximo dia 5 de junho o organismo disciplinar vai ouvir a comissão de instrutores na qualidade de acusação, e o Santa Clara, como defesa. 
 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas