Marítimo e Nacional com dívida de 2 milhões de euros em luz

No final de 2019, segundo um relatório da secção regional do Tribunal de Contas

• Foto: Hélder Santos

Marítimo e Nacional deviam, no final de 2019, valores avultados à Empresa de Eletricidade da Madeira (EEM). Segundo um relatório da secção regional do Tribunal de Contas, os verde-rubros deviam quase 1,4 milhões de euros e os alvinegros cerca de 600 mil.

O relatório foi publicado no final de maio e revela que a dívida do Marítimo vem de 2012, atingindo no final do ano passado precisamente 1,381 milhões. "A gestão da dívida dos clubes e associações desportivas que recaíram na amostra não se pautou por critérios empresariais, encontrando-se dependente da disponibilidade do Governo Regional para a celebração de contratos-programa", esclareceu o Tribunal de Contas.

Os verde-rubros não tomaram posição pública sobre o assunto, embora já tenham manifestado vontade de liquidar a dívida, segundo o relatório, o mesmo sucedendo aos alvinegros. Segundo fonte do Nacional, o processo está em fase de negociação e deverá igualmente passar por um plano de pagamentos.

Por Gonçalo Vasconcelos e Emanuel Pestana
11
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0