Nova paragem já está acautelada

Federação Portuguesa de Futebol divulgou os regulamentos para a época 2020/21

Prova tem mudanças
Prova tem mudanças • Foto: rui minderico

A Federação Portuguesa de Futebol divulgou os regulamentos para a época 2020/21, destacando-se logo uma questão importante: uma eventual nova paragem – por exemplo, devido a uma nova vaga de Covid-19 – já está acautelada, estando previsto alterar o formato da competição se for necessário. De resto, há cenários para diferentes fases das competições. No Campeonato de Portugal, por exemplo, se a prova terminasse a meio da fase regular, subiriam as duas equipas com mais pontos, tal como aconteceu com Arouca e Vizela.

Ainda no terceiro escalão, as equipas serão controladas quanto ao cumprimento salarial em duas janelas – dezembro e março –, sendo que uma falha impede de inscrever jogadores nesse momento, bem como baixa o limite de 27 jogadores para 23 na época seguinte. Por outro lado, as equipas ficam já ‘avisadas’: as declarações de não existência de dívida – ou de já terem começado a saldar essas dívidas – são obrigatórias para poder inscrever a equipa no Campeonato de Portugal em 2021/22.

Tecto no futebol feminino

Na Liga BPI, o tecto salarial das equipas de futebol feminino – total dos salários brutos das atletas – cifra-se nos 550 mil euros.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.