Odemirense queixa-se de insultos racistas no jogo com o Almodôvar

Defesa senegalês Tanor reagiu mal à situação e acabou expulso

A direção do Odemirense publicou um comunicado no Facebook a queixar-se de insultos racistas dirigidos ao senegalês Tanor, de 36 anos, por parte de um jogador adversário e do público da casa, durante o jogo com o Almodôvar da 1ª Divisão distrital de Beja – o defesa viria a ser expulso aos 59 minutos por ter reagido mal à situação.

"Poderia ser um caso isolado, mas já é a segunda situação esta época, com a mesma equipa adversária", escreveu o emblema de Odemira nas redes sociais.

"Não pretendemos qualquer tipo de benefício para a nossa equipa ou para com o nosso jogador, ou mesmo sanções extraordinárias para os adversários. No entanto, não podemos deixar de alertar e denunciar este tipo de situações e, como tal, iremos informar por escrito a Associação de Futebol de Beja e o Conselho de Arbitragem do sucedido, para que os árbitros, em particular, estejam melhor preparados para agir em conformidade", pode ler-se no comunicado.

O Almodôvar, refira-se, venceu o Odemirense por 3-1.

Por Pedro Ponte
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.