Record

Onde o tempo faz a curva

A ABRIR

Está consumado o pior arranque da história do Benfica, com grande contribuição do velho rival Sporting – que, aliás, nem precisou jogar muito bem para somar os três pontos e conseguir uma pequena vingança pela derrota de Maio que lhe custou o título.

Luisão passou de herói a vilão pelo mesmo motivo: um salto certeiro fez toda a diferença no embate da Luz, um salto mal calculado custou (pelo menos) um ponto em Alvalade.

Perder oito pontos para os principais adversários em três jornadas deixa os encarnados numa situação, no mínimo, incómoda. Peseiro disse que Koeman precisa de tempo. Mas tudo parece tão confuso na cabeça do holandês que dificilmente Vieira e Veiga lho darão.

O Sporting, por seu turno, não deixou fugir FC Porto e Sp. Braga. Mas o triunfo de ontem, meio atabalhoado frente a um adversário com dez, mostrou que os defeitos do ano passado se mantêm.

No Dragão, foi preciso esperar pelos minutos finais para o FC Porto superar o Rio Ave. O jeito que tem dado a Co Adriaanse o calendário simpático...
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

M