Pedro Proença: «Liga sem campeão era absolutamente terrível»

Presidente da Liga Portugal diz que alargamento até 30 de junho permite concluir prova e ter decisões por mérito desportivo

Proença em entrevista por Skype
Proença em entrevista por Skype

Pedro Proença elogiou a decisão da UEFA em alargar o prazo para conclusão dos campeonatos nacionais até 30 de junho - o que levou ao adiamento do Euro'2020 para o próximo ano - na sequência da interrupção motivada pela pandemia de coronavírus. Em entrevista à Sport TV, o presidente da Liga Portugal sublinhou a importância de as decisões da prova serem tomadas por mérito desportivo.

"Equacionar uma liga sem um campeão ou que não se perceba por mérito desportivo quem acede à Liga dos Campeões ou Liga Europa era absolutamente terrível para o planeamento da próxima época. Com o sinal que a UEFA deu, estamos na antecâmara de voltar com maior celeridade à normalidade das competições", vincou Proença.

"Penso que a decisão da UEFA revela bem o sentimento generalizado de bom senso. Era obrigatório dar espaço às provas nacionais, para que pudessem terminar de forma tranquila, para a próxima época ser restabelecida de forma normal. Na reunião de hoje imperou o bom senso. Abriu-se uma janela temporal fundamental para as provas. Neste momento ganhou-se um mês e meio para ver como a curva do Covid-19 vai comportar-se. Trabalhamos sobre um cenário desconhecido mas esta janela vai permitir concluir e permitir por meritocracia apurar os campeões, quem vai à Europa e quem vai descer", acrescentou o líder da Liga Portugal.

Questionado sobre um regresso aos treinos em maio, Proença admitiu ser "precoce saber quanto voltaremos": "Temos percebido na tal curva exponencial do Covid-19 que ainda é cedo para saber como vai evoluir. Mas queremos que aconteça rapidamente a retoma."

5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.