Quando Martins dos Santos foi tramado por Catão

Por denúncia à PJ

• Foto: Arquivo/Amândia Queirós

Vítor Catão, na altura conhecido como Vítor Silva, esteve diretamente ligado à condenação do antigo árbitro Martins dos Santos a 18 meses de prisão com pena suspensa por tráfico de influências. Na altura, Catão era presidente do São Pedro da Cova, um clube de Gondomar que competia nos distritais, tendo colaborado com a Polícia Judiciária no sentido de colocar ponto final a um alegado esquema de corrupção.

Martins dos Santos foi acusado de ter entrado em contacto com o dirigente, solicitando-lhe cinco mil euros para, através da sua influência na arbitragem, evitar a descida de divisão do São Pedro da Cova. Vítor Silva fez a denúncia do caso à PJ e à Associação de Futebol do Porto. Nesse mesmo dia encontrou-se junto ao Pavilhão de Multiusos de Gondomar com o ex-árbitro, sob vigilância policial, tendo procedido à entrega de um envelope com 1.100 euros em notas que foram marcadas para posterior identificação, tendo sido iniciado um processo que ficou concluído em 2013.

Anteriormente, Vítor Silva já tinha sido protagonista de outra polémica quando acusou um árbitro da AF Porto, Pedro Barbosa, de se ter oferecido como intermediário para subornar outro juiz. Um caso pelo qual acabou por ter de pagar uma indemnização.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0