Quinas, o bom da fita

Quinito é um treinador sem dúvida muito especial

• Foto: Simão Filho

Um dia perguntaram-lhe por que tinha escolhido para secretário-técnico do Sp. Espinho o jornalista Jorge Pereira. Quinito respondeu simplesmente: "Porque é gordo!" Joaquim Lucas Duro de Jesus, nome que encerra algumas marcas do seu destino, queria ser toureiro, chegou a estar inscrito na Faculdade de Medicina de Coimbra mas tornou-se primeiro jogador de futebol e depois treinador e dirigente. A vida golpeou-o fortemente em 2009, quando o seu filho Gonçalo faleceu na sequência de um acidente de viação ocorrido no Brasil, onde tinha ido visitar uns viveiros de marisco que o pai tinha em sociedade. Quinito pediu-lhe para adiar a partida, para esperar por ele, mas Gonçalo avançou e aconteceu uma tragédia de que o pai ainda hoje se "culpa", tendo deixado o futebol a partir desse momento.

Quinito, hoje com 67 anos, nasceu em Setúbal e começou a jogar futebol no Comércio e Indústria. Mas também jogava andebol na equipa de ‘Os Sadinos’. Mostrou cedo ser um bom médio e saltou para o Vitória local e daí para a Académica, onde esteve três épocas. Seria com a camisola do Belenenses que se afirmaria na 1ª Divisão, estando seis épocas no Restelo, onde Paulino de Carvalho, um dos mais antigos delegados da Liga e seu compadre, o conheceu durante a tropa, quando, com Carlos Garcia e Agostinho Oliveira (também eles jogadores do Sp. Braga), pediu para se treinar em Belém para manter a forma. Quinito foi depois para Santander, onde esteve três épocas no Racing, mas Paulino nunca mais lhe perdeu o rasto. Uma amizade que ajudou a que Quinito terminasse a sua carreira de jogador com a camisola do Sp. Braga. Foi treinador de sucesso em Braga (4º lugar e presença na final da Taça de Portugal).



Depois de uma passagem pelo Kuwait, onde foi treinar o Yarmuk, levou o Sp. Espinho ao 6º lugar no campeonato! Pinto da Costa está atento e contrata o treinador do momento. Mas o casamento dura pouco. Quinito despede-se depois de uma derrota pesada e arrepende-se da decisão quando está a atravessar, no ‘Volvinho’ do costume, a Ponte da Arrábida. Deixa para trás Fernando Gomes e João Pinto banhados em lágrimas. "Ele, que não se dava mal com ninguém, sentiu-se traído mas essa história só o Quinito, se quiser, um dia irá contar", refere o compadre Paulino, que ainda seguiu "o homem que só sabia sorrir e de quem todos gostavam" nas suas passagens por diversos clubes, com especial destaque para o V. Guimarães, onde logrou um 4º lugar. "Era um treinador que sobretudo cativava os seus jogadores e os tinha na mão", recorda Pimenta Machado.

O homem que só sabia sorrir

Quinito foi criador de muitos neologismos no léxico do futebol português. Um deles foi a ‘linha de água’, quando os jornais passaram a traçar um linha nas tabelas classificativas, para definir as equipas em zona de despromoção.

‘Pôr a carne toda no assador’ está para a bola nacional como o filme ‘E Tudo o Vento Levou’ para as diversas variações de títulos da imprensa não apenas desportiva.

Quinito lançou vários jogadores e um deles foi Pedro Barbosa, no V. Guimarães, a quem chamava ‘Pastelão’, por lhe pesar o rabo devido ao facto de ser fanático de croissants, nome pelo qual também ficou conhecido o jogador que o técnico gostava de contratar para o ver jogar no seu quintal.

Dito, que treinou e lançou no Sp. Braga, era tratado por Quinito por ‘Mula’, mas o treinador, sempre prolixo, também lhe pôs o nome de ‘Monstro’.

‘Meu querido’, era a forma preferida do treinador nascido em Setúbal e que jogou com Vítor Damas no Racing Santander, numa altura em que era muito raro jogadores portugueses serem contratados por clubes estrangeiros.

"Pinto da Costa disse-me um dia que Quinito foi uma das pessoas mais honestas que conheceu no futebol", revela o amigo Paulino de Carvalho, delegado da Liga e amigo de longa data do treinador.

"Orgasmo" foi uma palavra muito usada e tolerada por um técnico amante do futebol-espetáculo.

Por Eugénio Queirós
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas