"Rei dos Frangos" com menos 3% da Benfica SAD após marcha-atrás na compra de ações à Quinta dos Jugais

José António dos Santos e John Textor acordaram adiar negócio entre ambos até final do presente ano

José António dos Santos
José António dos Santos

José António dos Santos, presidente do grupo Valouro e conhecido como "rei dos frangos", detém 20,101% do capital da Benfica SAD, informou esta quarta-feira a sociedade anónima desportiva (SAD) das "águias".

O empresário, que é arguido no mesmo processo que envolve o ex-presidente do clube Luís Filipe Vieira, recuou no acordo com o acionista Quinta dos Jugais para a aquisição de 3% do capital da SAD, revela o comunicado hoje enviado à CMVM.

Segundo o documento, o empresário do setor avícola e a Quinta dos Jugais tinham celebrado dois contratos para a compra de 2% e 1% do capital da SAD por parte de José António dos Santos. Contudo, "entretanto, as partes deste contrato manifestaram reciprocamente a vontade da sua resolução amigável, pelo que o mesmo deixou de produzir efeitos".

A SAD confirma também que o "rei dos frangos" e o milionário John Textor acordaram prorrogar até final deste ano o contrato ao abrigo do qual Textor compraria a José António dos Santos 25% do capital da SAD.

A administração da SAD assinala que, face ao recuo nos acordos entre o empresário e maior acionista individual e a Quinta dos Jugais "depreende que deixaram de ser imputáveis ao senhor José António dos Santos os direitos de voto inerentes às ações detidas pela Quinta de Jugais – Comércio de Produtos Alimentares, Lda. (...) pelo que a participação qualificada daquele na Benfica SAD se reduziu na mesma medida, (...) tudo perfazendo um total de 20,1021% de direitos de voto inerentes a ações  representativas do capital social da Benfica SAD".

Por Negócios
11
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas