Belenenses alcança apuramento inédito na sua história

Jovens de Bernardo Caetano qualificam-se para a fase de campeão do Nacional de iniciados

• Foto: Vítor Chi

O 'ano de ouro' das camadas jovens do Belenenses conheceu esta terça-feira um novo capítulo, com o apuramento, pela primeira vez na sua história, para a derradeira fase do Nacional de iniciados, em que disputará o título de campeão nacional. Os jovens comandados de Bernardo Caetano derrotaram esta manhã o Portimonense, no Algarve, por 7-0, um resultado que os catapultou para a fase final, quando ainda falta um desafio, frente ao líder Benfica.

"É uma sensação de muito orgulho o percurso desta equipa, nas duas fases, com resultados muito bons e excelentes exibições", começou por referir o técnico azul, de 27 anos, a Record, que aplaude a afirmação da sua equipa esta temporada. "Temos registado um enorme crescimento deste grupo, a nível mental, técnico e tático. Até agora, é sem dúvida um ano muito positivo mas que ainda não acabou. Faltam jogos muitos difíceis pela frente, que vamos encarar com ambição e com a responsabilidade de representar um clube histórico."

O apuramento, ainda que inédito, não é em si uma meta, segundo as palavras do jovem treinador. "Fomos definindo objetivos elevados, fase a fase, e isso deixou-nos sempre sob muita pressão. Mas esta equipa superou-se a cada adversidade, fruto de uma mentalidade muito forte. Há que lembrar que a nossa temporada começou com uma derrota, por 5-0, em casa, frente ao Benfica. Mas o grupo percebeu as dificuldades e quando foi obrigatório vencer, vencemos, e aliámos exibições muito bem conseguidas nesses momentos", frisou Bernardo Caetano.

A temporada 2015/16 promete ser histórica a nível de formação para o clube do Restelo. "Não queremos que este seja só um ano excecional para o Belenenses mas sim o início de um percurso que nos afirme com o terceiro clube de Lisboa nas camadas jovens e o 4.º grande nacional", referiu, com ambição, o técnico, que distribui o mérito pela estrutura do clube da Cruz de Cristo.

"O projeto do prof. João Raimundo, que reformulou toda a estrutura da formação, com maior investimento em infraestruturas e técnicos, assim com maior agressividade no campo do recrutamento, ao presidente, aos jogadores com enorme talento, que queremos trabalhar para chegaram a profissionais, tudo integrado numa estrutura competitiva, são as bases do sucesso", lembrou.

Por Francisco Laranjeira
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Iniciados

Notícias

Notícias Mais Vistas