Árbitro agredido à cabeçada

O Caldas-Sintrense não terminou

O Caldas-Sintrense (fase de permanência da 2ª Divisão de juniores) não terminou devido a uma agressão ao árbitro João Letras (Évora) quando os visitantes venciam por 1-0. Edgar Garcia, capitão do Caldas, não gostou de ser expulso e deu-lhe uma cabeçada, sendo que, antes, o atleta já havia dado um encosto ao árbitro quando este lhe mostrou um cartão amarelo, por protestos. João Letras foi conduzido ao hospital para observação.

Em comunicado, o Caldas lamentou o incidente e informou que irá "proceder à suspensão do atleta de todas as atividades do clube, independentemente das ações que vierem a ser tomadas posteriormente".


Autor: J.R.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Juniores

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0