Derrota e polémica na festa leonina em Alcochete

Sporting acaba com 8 jogadores no desaire caseiro (1-2) com o Belenenses

• Foto: David Martins

Uma semana depois de se sagrar campeão nacional de juniores, o Sporting celebrou a conquista do título perante os seus adeptos. A derrota, por 2-1, com o Belenenses, que terminou na 2.ª posição, não impediu a festa dos leões, que terminaram o jogo reduzidos a oito elementos devido às expulsões de Pedro Ferreira, Thierry Correia e Abdu Conté, todas no segundo tempo.

O triunfo foi alcançado no derradeiro lance do jogo num penálti – contestado pelos leões – convertido por João Louro. Antes, aos 86’, um remate de Diogo Pacheco anulou a vantagem construída na primeira parte com um golo de Gabriel Silva.

A primeira metade ficou marcada pelo desperdício dos anfitriões. Neste capítulo, Jovane Cabral esteve em evidência. Mais eficaz foi Gabriel Silva que, depois de uma primeira ameaça, finalizou, de cabeça, colocando o Sporting a vencer, por 1-0. Na segunda parte, o Belenenses aproveitou as expulsões de Pedro Ferreira (52’) e Thierry Correia (54’) para dar a volta ao marcador. Diogo Pacheco, aos 86', fez o 1-1 e já em tempo de compensação, João Louro converteu o penálti que o juiz André Pereira marcou o 2-1, de penálti.

O treinador do Sporting, Tiago Fernandes, lamentou a decisão: "Foi pena a tarde infeliz do árbitro, mas nada ia estragar a nossa festa". Já o seu homólogo do Belenenses, João Santos, destacou: "Superámos claramente as expectativas."

Por Ricardo Lopes Pereira
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Juniores

Notícias

Notícias Mais Vistas