Sporting mais longe do título após derrota com Leixões

Desaire por 2-1

• Foto: José Reis/Movephoto

O Sporting perdeu no reduto do Leixões, por 2-1, e ficou, assim, mais longe dos lugares da frente na corrida pelo título. Apesar de terem sido os leões, logo aos 3 minutos, a criar a primeira situação de perigo, por intermédio de Bernardo Sousa – que, com um golpe subtil, atirou à barra da baliza defendida por David –, a verdade é que, a partir daí, a equipa do Leixões assumiu o comando do jogo e criou, logo nos primeiros 10 minutos, três soberanas ocasiões de golo que Anthony, com defesas soberbas, evitou que fossem transformadas em golo.

Aos 21’, o Sporting voltou a dar um ar da sua graça por intermédio de Loide Augusto, mas David defendeu. Depois de um assédio constante da equipa matosinhense, a defesa sportinguista cometeu penálti aos 31’ e Franco, na conversão, não perdoou. Até ao intervalo, os pupilos de Rui Borges estiveram sempre mais perto de ampliar a vantagem do que os leões de empatar.

Na parte complementar, o cariz do jogo pouco se alterou. Com os leixonenses sempre por cima e a desperdiçar oportunidades, aos 60’ e na sequência de um cruzamento, Teixeira surgiu cheio de oportunidade para fazer o 2-0. Na última quinzena de minutos e fruto da melhor condição física, o Sporting carregou sobre o último reduto leixonense e conseguiu reduzir a desvantagem por intermédio de Bernardo Sousa, na cobrança de um livre direto.

"O Leixões acabou por ser eficaz", resumiu o técnico leonino, José Lima. "Fomos a melhor equipa e a que mais ocasiões criou", respondeu Rui Borges.

Autor: F.G.S.

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Juniores

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.