Record

Benfica alcança triunfo escasso mas precioso

Águia dominou diante do Real, venceu pela margem mínima e aproveitou o deslize do rival

• Foto: David Martins

Um golo de Filipe Cruz no decorrer da segunda parte rendeu ao Benfica uma vitória complicada, por 1-0, diante do Real. Na estreia de Luís Araújo no comando técnico dos encarnados – uma alteração operada em consequência da subida de Luís Nascimento à liderança dos juniores –, a equipa da casa controlou desde o início.

Tendo em conta o domínio exercido pelo Benfica durante todo o encontro, a vitória pela margem mínima é escassa, mas a verdade é que o jogo até poderia ter terminado empatado se Abulai Sanha não tivesse desperdiçado a oportunidade que teve em período de compensação (80’+2), quando isolado atirou para as mãos do guarda-redes.

O jogo foi praticamente de sentido único, com o Benfica sempre instalado no meio campo contrário a dar imenso trabalho à equipa adversária, que se ia defendendo da forma como podia. Apesar das muitas situações criadas, o intervalo chegou com um nulo.

Na segunda parte, com a entrada de Gerson Sousa, o Benfica surgiu com outra dinâmica e, aos 64 minutos, no seguimento de um bom cruzamento da direita do ataque, Filipe Cruz libertou-se no coração da área do Real e rematou para o 1-0, naquele que seria o lance capital da partida.

Arrecadados mais três pontos, o Benfica mantém-se no primeiro lugar, com dois pontos de vantagem sobre o rival Sporting, que empatou com o V. Setúbal.

Por José Pina
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Juvenis

Notícias

Notícias Mais Vistas