Cova da Piedade acusa Liga de reter ilegalmente verbas do Placard

Em causa está uma verba de superior a 36 mil euros

O Cova da Piedade acusou a Liga de Clubes de reter de forma "ilegal" as verbas do Placard, referentes ao último trimestre do ano passado e prometeu "encaminhar o assunto para as instâncias civis e criminais". Em causa está uma verba de superior a 36 mil euros, que a LPFP terá retido por dizer-se credora do clube da Liga Sabseg em mais de 63 mil euros, referentes à transmissão televisiva do Cova da Piedade-Benfica B, em novembro.

Segundo uma carta enviada ao organismo pelo clube da margem sul, à qual Record teve acesso, a Liga terá faturado ao Cova da Piedade uma verba superior a 63 mil euros pela instalação de iluminação provisória no Estádio José Martins Vieira, correspondente ao custo do serviço contratado, acrescido de 10%, ao abrigo do ponto E14 do Anexo IV do Regulamento de Competições.

Os piedenses alegam, no entanto, que "a Liga não tem legitimidade para proceder, nos termos da lei, à retenção de verbas vindas de terceiros e destinadas a clubes de futebol, quer aja como mandatária, gestora ou depositária".

Além disso, refere o clube da margem sul, "o serviço que a Liga pretende cobrar não foi prestado", uma vez que foi contratada a colocação de 1.200 lux, o mínimo exigido para a transmissão televisiva, mas medições realizadas logo após o final do encontro, a pedido do Cova da Piedade, terão demonstrado que a luminosidade não ultrapassava os 600 lux em vários pontos de medição e nalguns ficava-se mesmo por valores de apenas "dois dígitos".

Por outro lado, os piedenses insurgem-se contra o valor de 63.442,17 euros cobrados pela Liga, que dizem ser "cerca do dobro" do orçamento apresentado ao clube "por empresa especializada e com histórico de relações comerciais com a Liga" e também "mais do dobro" do valor pago pela SportTV pela transmissão do encontro.

Finalmente, o Cova da Piedade acusa a Liga de não ter permitido a alteração do encontro com a equipa B dos encarnados para uma data e hora que permitissem a transmissão do encontro sem recurso a iluminação artificial, pedido que, segundo os piedenses, terá tido a concordância da SportTV. 

A sugestão terá sido feita já depois de gorada a hipótese de deslocar o jogo para o Estádio do Bonfim, conforme sugerido pelo Cova da Piedade e também, alegadamente, rejeitado pela Liga.

Por Sérgio Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Cova da Piedade

Notícias

Notícias Mais Vistas