Fábio Pereira: « Este é daqueles jogos em que não se precisa motivar os jogadores»

Treinador da UD Oliveirense fez a antevisão da grande final frente ao Torreense no Jamor

• Foto: Luís Manuel Neves
No último encontro da temporada, que coincide com a final da Liga 3, o técnico da UD Oliveirense, Fábio Pereira, reconheceu que tem todo o plantel encorajado para o jogo decisivo frente ao Torreense, que se disputa amanhã, no Jamor.

"É daqueles jogos que não se precisa motivar os jogadores. Toda a gente tem consciência do que fez durante a época, que foi bem-sucedida fruto da nossa promoção à 2ª Liga. Tivemos duas semanas para poder festejar a subida de divisão, mas ao mesmo tempo já fomos preparando a final. Chegamos a esta fase muito motivados-sem derrotas nos últimos 10 jogos- e queremos manter a matriz do nosso jogo, alertados sobre as dificuldades que nos vão aparecer, mas temos o desejo de vencer", explicou.
Ainda no lançamento da partida, o técnico recorreu às memórias de infância para falar da importância sobre jogar no Jamor. "A principal memória que tenho foi um jogo que disputei pela seleção sub-15 antes de uma final da Taça de Portugal entre Sporting e FC Porto [1993/94]. Espero ter aqui mais um momento de felicidade.", lembrou.

Questionado sobre o facto do palco mítico do Jamor poder criar algum ‘bloqueio mental’ aos atletas, Fábio Pereira refere que foi tendo algumas conversas com o grupo de trabalho, mas no sentido de os motivar ainda mais.

"Jogar neste estádio é um objetivo de carreira de qualquer jogador e de qualquer treinador. É verdade que não é a final da Taça de Portugal, mas é a primeira final da Liga 3 e estamos cá com mérito próprio. É um sonho concretizado poder estar no banco deste estádio."
Por Luís Mendes Júnior
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de UD Oliveirense

Notícias

Notícias Mais Vistas