Horácio Bastos: «A nossa classificação não é a expectável»

Presidente da direção da UD Oliveirense falou sobre o atual momento da equipa

• Foto: Hugo Monteiro

Com as críticas a subirem de tom, Horácio Bastos, presidente da direção da UD Oliveirense, fez questão de se dirigir aos adeptos para abordar o atual momento da equipa. Apesar de ter dado ênfase à recuperação financeira efetuada e ao desenvolvimento em termos de infraestruturas, o dirigente assumiu que a prestação desportiva está aquém das expectativas.

Leia o comunicado, assinado por Horácio Bastos, publicado no site oficial do clube:

"Face à atual pandemia de Covid-19 e até à realização da próxima Assembleia Geral de associados, a ser agendada brevemente, local onde se deve debater os assuntos do clube, dirijo-me a todos os sócios, através deste comunicado, por entender que chegou o momento de esclarecer a situação atual da União Desportiva Oliveirense, nomeadamente, o Futebol.

Esta direção chegou ao clube em 2016, com uma situação financeira e desportiva extremamente difícil, enfrentando uma descida ao Campeonato de Portugal, com o  processo judicial "jogo duplo" em andamento, com salários em atraso e condenações em tribunal derivadas desses incumprimentos.

Conseguimos renegociar e pagar todas as dívidas aos jogadores, aos treinadores e aos  fornecedores. Ao mesmo tempo, garantimos o sucesso desportivo e conseguimos ascender às competições profissionais, com a subida à Liga Pro na época seguinte e, desde essa época, estamos a competir nessa divisão do futebol português.

Foi a partir dessa altura que reunimos com várias entidades e empresas, tendo como objetivo cativar e angariar apoios à UDO para a requalificação do estádio Carlos Osório. Não atingimos o sucesso idealizado e pretendido por toda a família oliveirense e fomos forçados a jogar em casa emprestada. Utilizámos o Estádio Municipal de Aveiro (ali competimos durante duas épocas e meia) e era insuportável financeira e desportivamente cumprir qualquer objetivo para além de manter a equipa na Liga Pro.

Sem alternativas e face à necessidade de devolver a equipa ao Estádio Carlos Osório e ao público Oliveirense, foi proposta aos sócios em Assembleia Geral, a constituição de uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD) que viria a ser aprovada por maioria. À data de 20 de novembro de 2019, foi apresentado um projeto equilibrado, fiável e um investidor que nos parece credível, sendo prestado pela direção todos os esclarecimentos solicitados e necessários aos sócios presentes na referida AG.

Como contrapartida, o clube cedeu 70% das ações ao novo investidor passando a direção da UDO a ter o papel de auditoria na SAD. A gestão desportiva é efetuada e controlada por indicação do sócio maioritário. Com este projeto apresentado e tornado público, foi projetada a subida à Primeira Liga e um investimento mais sustentado para o futuro da Oliveirense por parte do investidor.

Com isto, a nossa situação financeira é um exemplo de cumprimento a nível nacional e está em acordo com os pressupostos e exigências do Estado e da Liga Portugal.

Na vertente desportiva os objetivos definidos ainda não estão em causa, apesar da nossa classificação não ser a expectável. Há 10 jogos pela frente e, mais do que nunca, a união de esforços e vontades para apoiar a equipa é fundamental. Com essa união acreditamos que vamos fazer a força que nos permitirá manter a equipa na Liga Portugal 2.

Somos hoje uma referência na melhoria de infraestruturas desportivas, com o Estádio Carlos Osório remodelado e ajustado à nossa realidade (desde que nasci que se falava em estádio novo e/ou remodelado), um Centro de Formação que está a ser requalificado para servir nas melhores condições os nossos jovens e perspetivar o futuro.

Assumiremos sempre as nossas responsabilidades, acreditamos que tomamos as melhores decisões e temos esperança num futuro positivo para a UDO"

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de UD Oliveirense

Notícias

Notícias Mais Vistas