Jogadores em greve por salários em atraso

Equipa despromovida ao Portugal Prio

• Foto: Manuel Azevedo

Os jogadores da Oliveirense, despromovida ao Portugal Prio, não treinaram esta quarta-feira em protesto por salários em atraso.

A equipa, ainda a disputar a Segunda Liga, está a viver uma situação complicada também por causa do 'vazio diretivo', após José Godinho ter dito que não se manteria na presidência do clube.

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) esclareceu, em comunicado, a situação, e garantiu estar a fazer tudo para a resolver.

"Atendendo à situação vivida pelo plantel da União Desportiva Oliveirense e ao vazio diretivo, que tem gerado a total ausência de propostas para resolver a situação de incumprimento salarial, os jogadores decidiram não comparecer ao treino de hoje como forma de protesto", começa por referir o organismo.

O SJPF sublinhou ainda que está à espera que se realize a assembleia geral do clube, hoje à noite, na expectativa de que surja uma solução para a questão.

Contactado pela agência Lusa, o treinador da equipa, Bruno Sousa, mostrou-se "triste" com a situação, mas esperançoso que se consiga encontrar uma solução na assembleia geral.

"Não têm sido dias fáceis para nós. Não é fácil motivar os jogadores. Eles querem garantias para o futuro e, na situação que o clube está, torna-se complicado. Vamos aguardar", esclareceu.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de UD Oliveirense

Notícias

Notícias Mais Vistas