Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Rui Costa: «Em 120 anos nunca se viu uma situação como a de ontem. Schmidt merece respeito»

Presidente do Benfica considera que se exagerou na forma como se protestou contra o treinador

A carregar o vídeo ...
Rui Costa: «Entendo o nervosismo, mas a reação do estádio foi completamente descabida»
Rui Costa comentou este sábado a contestação a Roger Schmidt, verificada no Benfica-Farense (1-1), considerando que se passaram alguns limites na forma como os adeptos se expressaram. O presidente encarnado disse que o treinador vai continuar e acredita que será com Schmidt que as águias celebrarão mais títulos.

"Não posso deixar de lamentar o que aconteceu. Em 120 anos de história nunca se viu uma situação como a de ontem, não é este o respeito que o nosso treinador merece. Chegou a época passada e ganhou tanto em dois meses como o Benfica tinha ganho nos últimos 4 anos. Considero uma ação despropositada. Compreendo os adeptos pelo facto de a época não estar a correr como queremos, principalmente na Champions, percebo que estávamos a perder em casa, mas a reação foi descabida. O treinador merece todo o nosso respeito e consideração e crebilidade", disse aos jornalistas antes do jogo da equipa B, no Seixal, com o Nacional

Há divórcio entre treinador e adeptos?

"Tem havido uma campanha muito grande contra Schmidt. O porquê é difícil perceber. Inclusive esta história de falar português. Nunca vi uma campanha destas, não me lembro. A pergunta que se faz é: assumindo que a campanha europeia está a ter muito peso na cabeça dos adeptos, pergunto o que já perdemos internamente? Temos a Supertaça ganha, no campeonato o máximo que pode acontecer é ficarmos a 4 pontos do primeiro. Quem perdeu um campeonato à 13.ª jornada a 4 pontos de distância? O que faz que um clube campeão e com uma Supertaça pensar que tem de mudar logo tudo? Em relação ao jogo, já fiquei mais desiludido com prestações, até no ano do título, do que ontem. Compreendo a preocupação dos adeptos, que é o 9.º ponto perdido, mas custa-me aceitar a reação contra o treinador. Não aceito. O treinador, como ser humano que é, sentiu-se desagradado. Ele compreende quando os adeptos estão insatisfeitos mas o que aconteceu ontem é novidade para toda a gente", prosseguiu.

E continuou: "Falo com Schmidt todos os dias e ele ontem estava desiludido. Por não ter ganho e pela reação. Ele está feliz no Benfica e depois de um resultado e incidentes era normal que tivesse uma reação. Mas respeitou o facto de estar onde está e vamos ficar com ele. É com ele que vamos conquistar mais títulos. Quebrar a meio da época o que se está a construir nunca resultou. Temos ainda muita ambição para este ano. Em nada se pode pensar que se tenha de quebrar projetos a meio, isso nunca ajudou ninguém. Não vale a pena falar disso. Para quem diz que não me tenho manifestado: estou quase todos os dias com Schmidt e não preciso de estar a apregoar a confiança nele. Em segundo, para quem diz que me devia ter manifestado mais cedo, nos últimos 20 dias falei quatro vezes. Ou se está distraído ou não se ouviu o que disse sobre ele ser o treinador para este projeto."

Rui Costa: «É com Roger Schmidt que vamos conquistar mais títulos»
Schmid sente-se confiante?

"Está motivadíssimo. Tiveram acesso ao que se passou no jogo. Acham que o Benfica jogou mal, com 36 tentativas de golo? Não acharam que a equipa estava com o treinador? É nestes dados que me baseio. Temos de saber reagir à adversidade. Mesmo que hoje os resultados sejam favoráveis aos rivais, nada está perdido à 13.ª jornada com 4 pontos de atraso."

Impaciência pode refletir-se na equipa?

"Claro, por isso faço este apelo. A reação à substituição não favorece o rendimento da equipa e este tem de reagir. É para isso que lá estamos."

Schmidt devia pedir desculpa aos adeptos que mandou ficar em casa?

"O que disse foi sobre os adeptos para ficarem em casa foi os que portam energia negativa no sentido prático da coisa, que voltem quando formos campeões. Essa é a convicção do treinador, se calhar podia-se pegar por essa frase. Eu fiquei com essa frase 'voltem quando formos campeões'".

A quem interessaria uma campanha contra Schmidt?

"Disse e afirmo que existe, mas não sei a quem interessa. Tenho ouvido comentários sobre ele, até relativamente a adversários diretos, que são descabidos. Benfica foi campeão e é o alvo a abater. Onde podem mexer é em alguém que teve um papel fundamental para o título.

Rui Costa defende Schmidt: «Não me lembro de uma campanha contra um treinador estrangeiro por causa da língua»
Percebe a resposta ao jornalista depois do dérbi?

"Claro que percebo. Não só percebo como quando se acaba um jogo por vezes não se vai com a cabeça livre, com a adrenalina que vocês não sabem como é durante 90 minutos. Às vezes leva a um desabafo que se calhar depois a frio não é tão grave mas naquele momento... estou farto de ouvir conferência de outros clubes com reações muito piores e nunca ouvi tanto comentário a essas conferências. Mesmo com isso, tenho ouvido muita coisa nas outras conferências e não vejo nenhuma reação. Qual foi o outro treinador que bloquearam? Este é o treinador que vai continuar no Benfica e nos vai levar a outros títulos. Nada está perdido. Vamos lutar pelo campeonato até à última jornada"

Reforços em janeiro? 

"Haverá reforços."

Gesto de Tiago Gouveia: Prova clara de que os jogadores estão com Schmidt?

"Estão e tenho essa experiência de balneário. A equipa está literalmente com o treinador e nós também. E os adeptos também vão estar. Compreendo a desilusão, mas considero a manifestação exagerada. Todos os sócios e adeptos sabem que quando estamos unidos tudo se torna mais fácil. O treinador tem toda a legitimidade para mexer na equipa. Depois todos nós temos legitimidade para achar melhor ou pior. O que não é compreensível é aquela reação."

Rafa zangado com os adeptos em Moreira de Cónegos?

"O que é que isso representa instabilidade? Representa descontentamento. Uma equipa habituada a ganhar sofre mais quando não ganha do que as outras. É normal que possa haver alguma reação que - eu joguei futebol e sei como é - nem sempre é a melhor mas isso não significa nada disciplinar. Significa, sim, momentos onde a adrenalina está ao máximo."
Por Record
70
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas