Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Schmidt responde à contestação dos adeptos: «Fiquem em casa e voltem quando formos campeões»

Treinador do Benfica não gostou dos assobios e críticas de alguns adeptos aos jogadores e técnico diante do Farense

A carregar o vídeo ...
Schmidt para os adeptos: «Se não estão contentes com o que os jogadores fizeram hoje, o melhor é ficarem em casa»
Roger Schmidt elogiou os adeptos que apoiaram a equipa do Benfica no empate (1-1) com o Farense e, por outro lado, deixou críticas aos que assobiaram e contestaram os jogadores e o treinador nesta partida.

"Trinta e seis remates não foram suficientes. Os meus jogadores fizeram um jogo muito bom, fantástico, na verdade. Conseguimos criar várias oportunidades durante o jogo, principalmente entre os 15 e os 97 minutos. Tivemos grandes oportunidades, umas atrás das outras durante todo o encontro. (...) Não posso apontar nada aos meus jogadores, fizeram tudo para ganhar o jogo e provavelmente um dos melhores jogos nesta temporada. Mostraram uma mentalidade e uma atitude muito boa do início ao fim. Infelizmente, não conseguimos ganhar este jogo. Hoje seria quase impossível empatar, mas fizemo-lo e temos de aceitar. Temos de olhar para a frente.  (...) Mas também penso que o que aconteceu nas bancadas hoje, nas circunstâncias que foram, quero dizer obrigado aos adeptos que nos apoiaram hoje. Houve muitos nas bancadas que apreciaram o que os jogadores fizeram aqui hoje, que lutaram até ao final. Mas os outros, os mais negativos, por favor, fiquem em casa. É o meu pedido. Peço-vos que fiquem em casa porque não é bom para a equipa. Se não estão contentes com o que a equipa fez hoje, então, como adeptos do Benfica, o melhor é ficarem em casa porque nós não podemos jogar melhor futebol, não podemos lutar mais do que lutámos hoje ou ser melhor equipa do que fomos hoje. Se não estão felizes com esta equipa do Benfica, então o melhor é ficarem em casa", disse o treinador encarnado na conferência de imprensa, onde respondeu a apenas uma questão, a da BTV. 

Recorde-se que o ponto alto da contestação aconteceu quando Schmidt tirou João Neves, aos 64 minutos, gerando-se enorme revolta dos sócios junto ao banco de suplentes encarnado.

Por Record
124
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas